Neste primeiro livro da trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta o romântico Beckett Montgomery, que, ao buscar realizar o sonho de sua família, acaba deparando com um amor que pensava estar esquecido.
Beckett, o arquiteto da família, é um charmoso conquistador que passa a maior parte do tempo falando sobre obras, comendo pizza e bebendo cerveja com seus irmãos Ryder e Owen. Atarefado com a pousada, ultimamente nem tem desfrutado de uma vida social decente, mas pretende mudar logo isso para atrair a mulher por quem é apaixonado desde a adolescência.
Depois de perder o marido na guerra e retornar para Boonsboro, Clare Brewster leva uma vida tranquila cuidando de sua livraria e dos três filhos. Velha amiga de Beckett, ela volta a se reaproximar dele ao ajudar nos preparativos da pousada. 
Em meio a essa apaixonante reconstrução, rodeados de amigos, Beckett e Clare passam a se conhecer melhor e começam a vislumbrar um futuro novo e promissor juntos. 


Oi gente, tudo bem com vocês?

Eu estou muito bem, obrigada, e quero muito falar de “Um novo amanhã”, o primeiro livro da série A Pousada da Nora Roberts.

Ah esse livro!


Não tem nada de especial: nada de grandes dramas, nada de novo, mas é absolutamente delicioso de ler! Sabe aquelas histórias reais? Aquelas que você sabe que pode acontecer com qualquer pessoa?

Os livros da Nora têm esse estilo. Sua escrita é leve, simples, mas muito bem detalhada. Dá uma paz enorme ler Nora. Eu me senti assim lendo O Quarteto de Noivas, e agora com Um Novo Amanhã!

Aqui conhecemos os irmãos Montgomery, Owen, Ryder e Beckett. Eles são construtores, cada um faz algo diferente e fundamental para o negócio. Eles estão reformando e restaurando o prédio da Pousada Boonsboro, na cidade que leva o mesmo nome. Cada quarto tem um nome diferente, como o quarto Elizabeth e Darcy, por exemplo, e é tão detalhado que realmente conseguia visualizar a pousada. Aliás, a cidade e a pousada realmente existem, e é da Nora Roberts e de seu marido!
Eu quero uma lua de mel por lá!!!!

Acima imagem da fachado, depois da entrada, e por fim, o quarto Elizabeth & Darcy.


Mas vamos falar de romance...

Beckett é o irmão arquiteto, tem quase 30 anos, e achei tão bom sujeito! Ele sempre teve uma grande queda pela Clare, viúva, mãe de 3 filhos e dona da livraria da cidade. Eles são amigos há muito tempo, e Beckett perde completamente a fala perto dela. Is so cute!

Em meio as construções e cheiro de madressilva, Clare e Beckett vão se conhecendo ainda mais, e um relacionamento nasce.

“– Espero por isso desde que você tinha 16 anos – murmurou Beckett.
Ela sorriu e, em seguida, soltou um risinho.
– Ah, deixe de conversa.
– Ok, desde que você tinha 15 anos. Não falei porque soaria patético.”

Clare está acostumada a fazer tudo sozinha, a se virar. Desde que seu marido foi para guerra, ela não depende de ninguém, e agora, precisa aprender aceitar ajuda. Beck está oferendo, ele quer tudo com ela, afinal, um relacionamento também é para isso!

Como eu disse, a história é formada assim, uma reforma de um lugar espetacular, o nascimento de um amor, a vida em uma cidade pequena, onde amigos e família são fundamentais para nossa vida ficar mais colorida!

Fãs do bom e velho romance devem ler! Li com um sorrisinho na cara, e acabei querendo mais! Estou mais do que preparada para conhecer o novo casal: Owen e Avery!!!

Próximo da Série:





Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...