Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley.
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. 
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.


Oi gente, tudo bem com vocês?

Que delícia terminar um livro que é a coisa mais fofucha desse mundo!

Desde que  vi que seria lançado Namorado de Aluguel da Kasie West, sabia que teria que ler. Já conheço a escrita da Kasie desde Encruzilhada, e acho que ela escreve young adult muito bem.

Fazia um tempo que não lia algo tão adolescente e estava com saudade. Apesar do mimimi que é uma característica de livros assim, nesse, senti um amadurecimento da personagem. E acho que isso é um dos fatores mais legais para deixar o livro interessante.


Na entrada para o seu baile da escola, o namorado de Gia, termina o namoro. Não seria tão ruim se ela não tivesse que levar seu namorado para provar que ele realmente existe para suas “amigas”. Sabe aquela menina megera que tinha na escola, que sempre estava por perto, amiga das tuas amigas que você tinha certeza que te odiava? Essa menina é a Jules. Ela era o motivo de Gia ver um menino no estacionamento do baile e o convidar para ser seu Bradley de mentirinha!

Ele só precisava se passar por Bradley por algumas horinhas e depois sumir da sua vida. Tudo ficaria lindo! Mas o Bradley de mentira, tem uma irmã que pode estragar todos os planos de Gia.

“— Você mora perto daqui? Porque não dá pra você entrar assim, de jeans e camiseta. (...)

— Você tem uma calça escura e uma camisa social, pelo menos? Talvez uma gravata? Uma gravata azul-petróleo seria incrível para combinar com a minha roupa, mas eu não esperaria tanto. (...) E por acaso você tem lentes de contato e algum produto para o cabelo?

— Vou fechar a janela.
— Não. Por favor.”

Não posso entrar em detalhes do livro, porque tudo pode ser spoiler, então só posso dizer o quanto amei essa historinha!

De verdade, é um romance adolescente, que poderia ser só mais um clichê e não é! Amei o livro porque nos presenteou com vários personagens maravilhosos. Primeiramente, o dublê de Bradley é o garoto mais tchutchuco que já vi. Queria eu ter conhecido um mocinho assim! Ele não é aqueles adolescentes retardados, sabe? Porque vamos combinar, adolescente já é uma desgraceira, moleque então, nem se fala! Mas ele não é assim! Ele é bem tranquilo, pé no chão, superinteligente e divertido! Outras peças fundamentais para esse livro também são fantásticas, como a irmã e a mãe do dublê de Bradley.

Como disse no início, o que mais achei incrível nesse livro é a busca do amadurecimento da personagem principal. A Gia do início era infantil demais, egoísta e tão fútil, que achei que não fosse aguentar, mas com o passar das páginas, ela percebe que a “vidinha perfeita” que leva, não é tão perfeita assim!

Acho que só vi um defeito nesse livro. A falta de um epílogo! Não sei por que os livros young adults não costumam ter epílogos, do nada eles acabam e deixam para sua imaginação, ou a falta dela, para lidar com esse fato!

Se está querendo um romance fofo, divertido e leve, não deixe de ler Namorado de Aluguel, é fofura e sorrisos na certa!

Beijos e até mais!


2 Comentários

  1. Eu tenho muita curiosidade de ler este livro. Amo livros com essa temática. Amei a resenha <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...