Maria Eduarda leva uma vida comum, para não dizer tediosa tendo como objetivo de vida água quente no chuveiro. Entre muitos banhos gelados, filmes românticos e um chefe pé no saco, a única coisa que ela acumula são relações amorosas desastrosas, já não sabia quando foi que teve um namorado para chamar de seu. 
Até que um dia, um curioso e-mail surge em sua caixa de entrada, o remetente era desconhecido, mas o conteúdo que a deixou extremamente curiosa. O que ela não sabia era que isso mudaria completamente sua vida. Uma porta para seu futuro se abre e quando ela entra, arrisca-se em uma aventura sem volta. 
Embarque com Duda em uma nova e desastrosa experiência, onde não há limites para boas risadas e descubra que às vezes se arriscar em caminhos imprevisíveis pode sim valer a pena.


Oi gente! Estava precisando ler algo leve, divertido, e resolvi ler Amor Real! Amo romances epistolares, então imaginei: cartas, e-mails, sms, tudo igual!  Cai de cabeça e só parei de ler quando acabou!

Maria Eduarda não tem a melhor vida do mundo, sabe? Trabalha, tem um chefe chato e amigo fiel nas horas vagas. Não ganha lá essas coisas, e é tipo gente como a gente! Poderia ser facilmente minha amiga do peito!

A coitadinha “tá precisada” de um namorado, precisando relaxar, trabalhando muito e sem perspectiva de muita coisa, até receber um e-mail misterioso às seis horas da tarde em uma sexta feira.
“Meu amor, isso parece mórbido e até um pouco sádico, mas foi a única forma que encontrei para conversar com você, (...) Estou me sentindo o homem mais miserável do mundo, meus dias estão vazios, as noites infernais, não sei o que fazer ou como agir, perdi minha bússola, você era meu Norte.
Me perdoe por não ter feito o que era necessário para te salvar.
Te amo eternamente.
Para sempre seu, Leo.”

Menina, Duda fica super encanada com o e-mail, pensando quem poderia ter perdido um grande amor? Por que ele a perdeu? Quem é Leo?

Uma semana se passa e outro e-mail chega, e na próxima também. Daí ela não aguenta! Precisa tomar uma atitude drástica: procura uma mãe de santo, afinal esse Leo só pode ser um espírito mal resolvido no computador!


Gente, sério, quem em sã consciência procura uma mãe de santo para isso? No lugar dela faria algo totalmente diferente, mandava benzer! Hahahaha Brincadeira, Duda é louquinha da silva, exagerada até, mas não é má pessoa! Pegava-me gargalhando com as trapalhadas dela, como há muito tempo não acontecia!

Sem contar que descobrir quem é Leo é muito amor! É claro que não posso contar mais sobre ele, porque seria spoiler, mas posso dizer que ela tirou a sorte grande! O cara é superbacana, e se eu pudesse e meu dinheiro desse... enfim!

O livro é ótimo, a leitura é super fluída, lemos rapidamente. Os personagens são engraçadíssimos, e o romance é uma fofura! Puro amor por ele!

Se está procurando um romance leve, divertido, do tipo comédia romântica, sessão da tarde, leia Amor Real!

Beijos e até mais!

2 Comentários

  1. Como amei este livro. Duda é maluquinha, mas tem bom coração. Ri demais, fiquei encantada pela fofura do casal. Uma leitura deliciosa. Amei a resenha <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...