O que você é capaz de fazer quando as suas opções são limitadas?
Você é capaz de sair da linha? 
É capaz de se tornar tudo aquilo que sempre odiou?
Bree tinha apenas uma opção, e ela agarrou com unhas e dentes. Ela não era uma desistente.
Oliver é um jovem lutador de boxe em ascensão, ele quer provar que ainda é digno do cinturão.
Oliver não é um bom perdedor, e ele não vai querer perder a única mulher que ferrou com toda a sua concentração.
Ele tem dez rounds.
Ela tem dez dias.

Amazon * Skoob * Goodreads 

As pessoas, às vezes, fazem coisas por quem ama que são impensáveis a nós.

Às vezes, as pessoas precisam controlar o destino, deixar de ser guiado. Tomar as rédeas da situação, doa a quem doer. Ou às vezes não, às vezes precisamos só nos entregar.

Às vezes, é necessário fazer esforços, ultrapassar medos, engolir humilhações. Às vezes, precisamos gritar de prazer e não só de desespero. Às vezes, podemos sorrir no meio de uma tempestade. Às vezes, só precisamos de um ombro para chorar.

Às vezes, é preciso luz. Às vezes, a escuridão.

Às vezes, nossa história dura pouco, ou às vezes para sempre, só precisamos decidir o melhor caminho!

Às vezes, precisamos lutar, ganhar, outras só esperar, chorar, desistir.

Às vezes, somos responsáveis pelos atos que tomamos. Às vezes, nos arrependemos, mas muitas vezes vale a pena.


Recebi o ARC de Fenomenal da autora um pouco antes do lançamento, e comecei a ler desesperadamente! Estava esperando há séculos, só de ver os quotes e aquela capa diva, fiquei imaginando tudo o que aquela história me proporcionaria!

Fenomenal conta a história de uma mulher que precisa fazer o que for preciso para sobreviver, de um homem que desafia o próprio corpo para vencer, e de um romance visceral.

Oliver é um lutador que vai disputar um campeonato. Dez dias, dez lutas.  O cara é bom. Luta pra valer. É focado. Sabe o que quer. Tem prioridades. Ele e sua equipe tem foco, lutar e ganhar. Para ele só interessava mulheres fáceis, caras, uma transa e ponto.
— Eu a quero — digo para o Jason.
— Não sabemos se ela está disponível, Oliver.
— Verifique, o valor que ela pedir, pague o dobro. (...)
— Eu conheço uma prostituta quando vejo uma, Jason. Procure-a amanhã e feche o negócio.
Bree tem uma dívida. Precisa se vender para viver. Mesmo estando com medo, vai a um cassino, senta e espera para receber a primeira proposta.

A segunda vem e é para passar mais nove dias com um lutador. Muita grana em troca de sexo e companhia. O encontro é intenso, fácil, natural. O que era medo, agora é só prazer.

O livro é curto gente, talvez o único defeito dele, já que me deixou apaixonada e desesperada por mais. Pode se dizer que é um super conto, ou uma breve história de amor. A leitura é rápida. Fluída. O romance quente. Queria mais. Um tantão a mais.

“Querida Andy, gostaria de dizer, bora escrever uma história linda do epílogo?” – Como já disse, o epílogo lacrou!

Só leia Fenomenal se quiser conhecer um lutador forte, que às vezes toma decisões erradas, e às vezes também. Só leia Fenomenal se quiser se entregar de verdade. Não consegui nada menos!

“Eu aceitei o que aconteceu, cada acontecimento foi resultado das minhas escolhas, conscientes ou não, e é por isso que eu sei, que é por minha causa que terei que me despedir de uma verdade irreal, que não poderia ter sido mais perfeita.”
Leia o Primeiro Capítulo Aqui!

Beijos e até mais!

4 Comentários

  1. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, to louca para ler. Fiquei mega curiosa. AMei a resenha; Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi AMor, leia, você vai querer matar um! hahahahahahahah Beijos!

      Excluir
  2. amei a resenha!! Estou sendo nocauteada nesse momento rsrsrs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...