Julianna Costa, autora de 23 noites de prazer e 4 semanas de prazer, lança seu novo romance, Sem Vergonha, que traz Mina Bault e Ryker Strome em uma intensa e perigosa fuga pela Europa. Mina é uma jovem bem-sucedida profissional e academicamente. No entanto, nem todos os setores de sua vida possuem tanto êxito, pois sua virgindade continua intacta mesmo após tantas tentativas de perdê-la. Então, Mina contrata um garoto de programa para enfim solucionar esse pequeno "problema". Após alguns incidentes bem inusitados entre quatro paredes, Mina decide voltar para casa. No caminho, ela e Ryker – o garoto de programa – se tornam testemunhas de um crime cometido pela máfia russa em Paris e, consequentemente, se tornam alvos dessa organização. Essa única noite terminará com os dois fugindo para a Holanda a fim de salvarem suas vidas. Contudo, apesar do perigo eminente, ambos se deixam envolver por uma atração avassaladora e talvez a noite de Amsterdã seja muito convidativa para que Mina tente, mais uma vez, entregar-se de corpo e alma a Ryker.


Oi gente, tudo bem com vocês?

Estava bem curiosa com a escrita da autora nacional Julianna Costa. Já li, há anos, o livro 23 noites de prazer, e não fui muito com a cara dele. Mas nunca poderia desmerecer a aptidão da Julianna para escrever uma boa cena sensual.

Sem vergonha conta a história da Mina. Ela tem 21 anos, mora em Paris, tem uma vida estruturada, um bom trabalho, mora sozinha, pois seus pais faleceram. E o único “problema” da Mina é que ela é virgem. Não porque quer se casar virgem, nem porque espera o “sr. Certo”, mas sim porque nunca dá certo ir até o final. Por isso, sua amiga contrata um boy magia para fazer o serviço.

Oie!

O que a minha irmã não me pede sorrindo que eu não faço chorando? Ahn?
Brincadeiras à parte, sou Thaís, irmã da Caro e colaboradora do codigosete.com e ela me pediu, encarecidamente, para ser colaboradora do Cantinho da Caro e aqui estou eu.
O começo de tudo foi: achar um livro que ela não tenha lido ou resenhado aqui e que eu goste. Não foi fácil!
Mas aí, lembrei-me de um maravilhoso e resolvi (re) ler só para esse cantinho especial.

Sinopse: A agente Cleo Connelly, integrante do corpo de polícia em Nova Orleans, é uma mulher atraente e destemida, que não mede esforços – e impulsos – na resolução dos casos que assume. Certo dia, entretanto, ela é designada para investigar, junto ao FBI, uma lucrativa rede de tráfico humano.
Para cumprir a missão, ela precisará se inserir em um contexto inusitado: visitar a cena BDSM do país e participar das práticas de sodomia e dominação instituídas no torneio Dragões e Masmorras DS. Agindo como agente infiltrada, Cleo terá de pesar os limites de sua própria luxúria nesta implacável caçada, considerando também a arrebatadora atração que sente por Lion Romano, seu parceiro no caso. Mas será que, no meio do caminho, ela vai gostar de ser submissa?
Renda-se aos deleites desta intrigante e sensual narrativa!
Primeiro de tudo, esqueçam tudo que tenham lido sobre BDSM!

Oi gente! Tudo bem com vocês?

Estou muito feliz em dizer que teremos sim mais uma colaboradora. Mas não qualquer uma, e sim a Thaís Afonso que é minha irmã de coração. E na verdade, ela já faz parte do blog, porque é quem revisa todas as resenhas!

Thais é autora do romance Quem sabe um dia pelo pseudônimo Eva Colin, e hoje escreve para o blog Código Sete. É apaixonada por Harry Potter e romances não muito água com açúcar. Mãe do pequeno Renan, em suas horas vagas passa lendo e escrevendo!

Bem-vinda irmã, sinta-se em casa e fique a vontade! Te amo!

 

Alô Galera de Cowboy!

Pra quem não me conhece, sou a Carol, do blog codigosete.com fui convidada pela queridíssima Caro Yamashita para escrever uma coluna aqui no Cantinho da Caro, mas não tinha ideia do que escrever pra vocês (triste bloqueio). Fui procurar na minha estante e me deparei com inúmeros livros de banca, então pensei: Por que não?

Leitura leve, fácil e com um preço acessível, isso é o que eu penso quando o assunto é livro de banca. Podemos falar também dos mocinhos durões, orgulhosos e apaixonantes? Claro que podemos! E dos finais felizes? Sempre! Bom, feita as devidas apresentações, convido-os para viajarem comigo pelo mundo dos romances de banca.


Alto, forte... e cego?
Abby Clark já estava cansada de ser tratada como uma criança. Ela podia ser apenas uma menina quando fora morar com Calhoun Ballenger e seu irmão. Mas se tornara uma mulher havia muito tempo, e era hora de Calhoun reconhecer isso. Então Abby tenta provar sua independência para chamar a atenção dele. Só que o tiro sai pela culatra. Ela está muito longe de ser o tipo que atrai Calhoun. Ao mesmo tempo, o instinto protetor dele se torna cada vez mais forte. Como Abby fará para Calhoun assumir seus sentimentos por ela sem se deixar magoar pela insensatez dele? 

Oi gente!!!
Estou super feliz e minha felicidade tem nome e sobrenome Carol Sant'ana, a Carola ou Cacá como a chamo carinhosamente, agora faz parte da equipe aqui do Blog Cantinho da Caro.

 A Carola é uma amiga do coração, que apesar de não ser princesa (longa história) gosta de leituras fofas. Seu livro preferido é o clássico da Jane Austen, Orgulho & Preconceito.

Advogada por profissão e blogueira por amor, tem o dom das palavras, e ama escrever. Criadora do Blog Código Sete, onde mostra seu amor pelos livros, músicas, filmes, e todo cotidiano para pessoas afim de conversarem sobre a vida.

Com certeza é a sementinha que faltava para nosso blog florir ainda mais. Carola seja bem-vinda ao nosso cantinho e sinta-se em casa. 

Beijos e até mais!!!

Duncan West, assim como todos os homens, enxerga apenas o que quer.
Mas ele estava prestes a ver o que não queria.
Para a aristocracia, Lady Georgiana é a pobre irmã de um duque, rejeitada pela família após ter sido arruinada no pior tipo de escândalo possível: uma mulher que fez escolhas infelizes ao entregar-se de corpo e alma para um rapaz que todos desconhecem.
Mas a verdade é sempre muito mais chocante!
Nos recônditos mais obscuros de Londres, Lady Georgiana é a mulher mais poderosa da Grã-Bretanha, a rainha do submundo londrino, e atende pelo nome de Chase, o lendário e temido fundador do cassino mais exclusivo da cidade, o Anjo Caído.
Circulando disfarçada pelos corredores de seu império, Chase sabe dos piores segredos dos figurões da sociedade e tem todos os poderosos na palma de sua mão, mas durante anos os seus próprios mistérios nunca foram descobertos. Até agora!
Brilhante, inteligente e bonito como o pecado, o jornalista Duncan West está intrigado com a linda mulher que de alguma forma está ligada a um mundo de trevas e perdição. Ele sabe que Georgiana é muito mais do que parece e promete desvendar todos os seus segredos, expondo seu passado, ameaçando seu presente e arriscando tudo o que ela tem de mais precioso. Inclusive seu coração.


Oi gente, tudo bem com vocês?

Finalmente vim mostrar o que achei do livro Nunca Julgue Uma Dama pela Aparência. Ele é o quarto livro da série O Clube dos Canalhas, e é publicado pela Editora Gutenberg. E fechou com chave de ouro cravejada com diamantes.

Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.


Oi gente! Tudo bem com vocês?

Aí, estou tão feliz por ter lido esse livro, com certeza o melhor da série até agora. E olha que estava com medo de me decepcionar, porque além de ter amado demais o segundo livro, também odiava o mocinho. ODIAVA!

Nos livros anteriores conhecemos o Sebastian, Lorde St. Vicente. Ele é o libertino mais libertino que já li em qualquer livro. E o que aprontou no segundo livro dessa série, foi fora do limite do aceitável. Jurei não gostar dele, mas não o conhecia realmente, porque agora sou APAIXONADA! Faz sentido? Faz sim, ver!

Oi gente!

Olha que legal, a Editora Valentina nos convidou para lermos Pensei que Fosse Verdade juntas. Sim! Vocês e eu! 

Pensei que Fosse Verdade é o segundo livro da autora Huntley Fitzpatrick, da mesma série de Minha Vida Mora ao Lado, porém se trata de uma história independente, com algumas questões, que ainda não tenho ideia do que seja, mas vamos descobrir. Se você não o leu ainda, não tem problema! As histórias são completamente independentes!