O primeiro livro gira em torno de Ellery, que sempre imaginou que seu futuro estaria ao lado de seu namorado perfeito e seus felizes para sempre estava garantido. Entretanto, quando ele faz suas malas e pede espaço, ela vê seu mundo ruir e decide focar somente em suas pinturas e desistir de relacionamentos, até que em uma noite ajuda um homem completamente bêbado a chegar a sua casa em segurança. Um homem que logo estará disposto a brigar por um futuro ao lado de Ellery e apoiá-la quando seu mundo estilhaçar novamente.


Oi gente, tudo bem com vocês?

Vou contar um pouquinho sobre o livro que tenho certeza que já ouviu falar, porque não é um lançamento. Black para sempre é daqueles romances fofos, que terminamos com sorrisinho bobo no rosto.

Ellery é uma mulher independente, que acabou de sair um relacionamento conveniente, boa companhia e só. O cara, em questão, foi embora sem olhar para trás, e para sair da deprê, a amiga da Ellery a leva para sair, em uma boate badaladérrima.

Enquanto está curtindo a balada, Ellery vê um cara gato tendo uma briga feia e enchendo cara. E quando sai para tomar um ar, dá de cara com o boy caindo de bêbado. Ela é daquelas mocinhas super boazinha que não consegue deixar ninguém na mão, e coloca o cara em taxi e sai rumo a casa dele.
Connor Black é um milionário, dono das indústrias Black Enterprise . Ele é um playboy mulherengo, que não quer se apegar a ninguém e só fica na pegação mesmo. E quando acorda com uma ressaca desgraçada e encontra uma mulher em sua cozinha, não hesita em escorraçá-la.
— Não aceito que ninguém durma aqui. Você devia ter ido embora depois que transei com você, portanto quer fazer o favor de me dizer por que ainda está aqui, na minha cozinha, se comportando como se estivesse em casa?
Claro que nossa mocinha coloca o cara em seu devido lugar e o deixa falando sozinho. Isso é só o que precisa para ele a convidar para jantar, como forma de agradecimento.

As coisas sempre vão evoluindo. Connor sempre querendo a companhia de Ellery, e a dinâmica dos dois vai se formando. Até que Ellery precisa fazer uma viagem e ele decide leva-la. Aí que a coisa esquenta. É uma pegação aqui, outra ali e o romance está formado.

Ao contrário dos romances eróticos que já li, esse tem um drama a mais, que chama bastante atenção e faz o leitor torcer pelos personagens de todas as formas.


No geral, gostei do livro. O que me incomodou foram as idas e vindas, que me deixava tonta. Sem contar que a mocinha que era tão independente, se transforma em uma mulher mimizenta. Sério, não é metendo o pau. Mas tem horas que dá uma vontadezinha de chacoaolhar a mulher e dizer: Filha, para que você tá errada!

Tirando isso, gostei da escrita da autora e como a história é contada. O que falta é ler o restante da série! Espero que gostem, e deixa aqui um comentário se já leu e o que achou!

Beijos e até mais!

4 Comentários

  1. Que capa maravilhosa! Eu já tinha visto esse livro, mas não sabia do que se tratava, agora fiquei até interessada. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!
      Se você gostar de romance com a pegada erótica, você vai gostar muito desse!
      É fofo!
      beijos!

      Excluir
  2. Já li toda a série (são 6 livros) e apesar das críticas amo esse casal!! A recomendo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Nadja!
      As pessoas amam ou odeiam! Não tem meio termo!
      Vou continuar a série!
      beijos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...